Wednesday, October 24, 2012

Maison Martin Margiela with H&M


Nova Iorque, 5 Beekman Street. Um edifício de 9 andares, totalmente abandonado, acolheu o evento de apresentação da mais recente colaboração da H&M com a casa francesa Maison Martin Margiela. O ambiente underground e muito cool do espaço foram apenas uma amostra da forma pouco convencional de como se iria apresentar a parceria. A colecção foi mostrada aos inúmeros convidados (entre eles famosos, mas já lá vamos!) nos diversos andares do edifício. Cada sala escondia uma surpresa. Um conceito bastante interessante a meu ver. E porquê? Então, o desfile era demasiado óbvio para a Maison Martin Margiela que optou por mostrar a sua colecção através de instalações e performance, incluindo números de dança coreografados por Anne Teresa de Keersmaeker.



No evento estiveram presentes celebridades como Kanye West (um habitué fashionista!), Julianne Moore, Sarah Jessica Parker, Chace Crawford (o Nate de Gossip Girl), entre outros. Porém, quem mais me chamou à atenção foi o Sean O'Pry. Ele esteve presente e vestiu peças Maison Martin Margiela with H&M. Estava sublime, aliás como sempre! #SeanO'Prhighness



A colecção é formada por uma série de reedições de peças de vestuário e acessórios Maison Martin Margiela de diferentes estações, tanto para homem como para mulher. O sobretudo sem lapelas, o casaco edredão, a mala rebuçado ou até os saltos-altos transparentes são algumas das imagens mais icónicas que vão estar acessivelmente 'democratizadas' ao fiel público que quiser comprar a colecção no dia 15 de Novembro. Eu sou um verdadeiro entusiasta destas colaborações, não porque desejo encher o meu armário de coisas (até porque não estou em posição de o fazer) mas porque penso ser uma forma de conseguir peças com designs inteligentes e diferentes a um preço apetecível. Vou mostrar-vos alguns dos meus looks preferidos.


Creio que não é uma colecção muito comercial, mas é fiel à marca Margiela que prima sempre pelo statement extravagante mas sofisticado. Há nas peças um sentido de subversão, de desconstrução, de readaptação. Quase como que um jogo de formas, cortes e texturas. O casaco edredão faz-me muito lembrar "A Fonte" do Marcel Duchamp... o artista utilizou um urinol e deu-lhe um novo sentido. Claro que aqui isso acontece numa outra dimensão não-satírica, mas arrojada. É algo que aprecio bastante: essa faceta pungentemente pensada e que se torna no core point da casa francesa.

Para mais fotografias do evento, da campanha, do lookbook completo e ainda das peças uma a uma: clicar aqui.

5 comments:

Sara Cabido said...

estou tão ansiosa pelo lançamento em Lisboa! Can't wait! Já tinha visto a video-reportagem do lançamento em NY e adorei toda a envolvente, megalómana!

litte tiny (big)kiss,
SC.

Jualferx said...

Que evento!!! Y que buenas prendas. Saludos desde www.jualferx.blogspot.com

Nobre Sandra said...

Gosto mais dos looks masculinos do que dos femininos, embora adore os sapatos e as malas da colecção.

http://nobresonho.blogspot.pt/

Trendy Lisbon said...

Lindos looks!
Os de homem são os meus favoritos ;)

http://trendylisbon.com

Telma said...

Gosto :)

http://trapeziovermelho.blogspot.pt/