Monday, July 9, 2012

Super Bock Super Rock


O Super Bock Super Rock atingiu esta ano a maioridade, com a sua 18ª edição, e não se podia ter celebrado da melhor forma. Eu lá fui para o Meco curtir um dos melhores festivais de música portugueses. Se tivesse que fazer um top 3 dos melhores concertos do SBSR seria o seguinte: 1) Lana Del Rey 2) M.I.A. 3) Incubus.
O festival aliou grandes nomes da música a propostas mais alternativas, mas tudo em uníssono, o que mostra a coesão e força do Super Bock. A organização esteve a 300% na minha opinião, porque ouviu os festivaleiros e tentou trazer-lhes as melhores condições possíveis. Se o ano passado houve pó, este ano o piso estava tratado de outra forma com alguns espaços de relva e o recinto era regado para que não houvesse poeira no ar. Os espaços de diversão estavam bem posicionados assim como os 3 palcos que não pararam durante os três dias de festival. Sempre a partir com boa música!
E lá estivemos nós, quer fosse esmagados nas grades para ver Lana Del Rey, quer fosse no parque de estacionamento a prepararmo-nos antes de ir para o recinto.

A Lana Del Rey merece um destaque especial porque foi talvez o concerto que mais aguardei para este Verão. Eu gosto imenso do estilo da Lana assim como da música e já falei sobre ela aqui. Penso que é uma verdadeira lufada de ar fresco no panorama actual e as letras das canções são extraordinárias assim como a aura de diva que ela incorpora na postura que tem em palco. Porém, isso não a impede de se entregar ao público e foi o que ela fez no Super Bock Super Rock. A artista norte-americana interagiu com as pessoas enquanto cantava envolvida numa sensualidade indescritível, recebeu presentes, beijou os fãs, autografou e ainda sentiu nos braços dela as mãos dos admiradores (como eu!) desejosos de lhe tocar. O concerto foi pequeno, apenas 9 músicas, mas valeu pela qualidade. "Blue Jeans" entrou a matar e a difícil despedida fez-se com "National Anthem". Pelo meio apresentou uma nova canção "Body Electric", teve um momento mais jazz com "Million Dollar Man" e também mais emotivo com "Without You" e "Summertime Sadness". Na minha opinião faltava pelo menos "Radio" e "Dark Paradise" mas fico com a esperança que ela volte cá em nome próprio... 
Lana Del Rey calou os críticos e os cépticos que apregoavam a falta de voz da cantora, ela que ao vivo mostrou o poder e amplitude vocal, atingindo notas graves e agudas com uma subtileza invulgar. Quem também dizia que a música dela era demasiado deprimente para um festival, deverá ter engolido em seco porque houve uma energia tal que a tímida Lana Del Rey sentiu e em poucas palavras nos apelidou da melhor audiência que já teve. Foi um concerto absorvente e eu fiquei sem voz de tanto gritar e cantar... deixo aqui um vídeo gravado com o meu iPhone para que vejam o momento em que ela chega ao público e nos toca a todos. Uma entrega arrepiante, um concerto a recordar.


10 comments:

xana said...

Não podia concordar mais que tu, em tudo!!! :) Apenas trocava Incubus por Aloe Blacc, que gostei muito - só tive pena que tenha sido ainda de dia (odeio ver concertos de dia ahah). Tenho pena de não te ter visto por lá :) Beijinhos

Ana Lúcia said...

Gostava imenso de ter ido mas infelizmente este ano não deu =/
Lana deve ter sido 'qualquer coisa'. Adorei as fotos que ias pondo na página do FB =D Ri-me imenso com aquela foto que dizia 'o que não vestir num festival' looooooool :)

http://maniac4moda.blogspot.pt/

Francisco Silva said...

Gostava mesmo de ter ido, principalmente para ver Lana e M.I.A, mas não deu. Mais oportunidades virão, acho que ela em breve passa por cá outra vez! :)

Anonymous said...

Opá e o pessoal não tem exames? Vidinha fácil, hein?

Sara Cabido said...

Eu fui aos três dias, mas o meu concerto era sem dúvida o da LANA - que foi uma enorme surpresa! Sempre a adorei e oiço o cd dela sempre que pego no carro, mas daquilo que tinha visto das actuações dela ao vivo, fiquei um pouco reticente quanto ao concerto que ela iria dar. Estava à espera de um concerto melancólico e meio estático, mas eu não me importava! Cantaria mais alto, mexer-me-ia mais do que ela, eu queria era vê-la. E que SURPRESA TÂO AWESOME! Foi o melhor concerto do dia, até mesmo do festival (para mim, claro, fã incondicional)

O da M.I.A só tive pena que o som estivesse tão mal regulado. Demasiado alto, para mim.

Anyway, adorei a experiência, e ainda te vi por lá, no teu blusão de ganga, encostado às grades!

Little tiny (BIG)kiss
SC.

Rita Soares said...

gostava imenso ter assistido lana del rey ;D sortudo

Patricia Silvério said...

E pah concordo em tudo o que mencionas EM RELAÇÃO À NOSSA Lana! Esteve muito bem!
E querido adoro o teu corte de cabelo!epic boy*

Carolina Santiago said...

amava ter ido ver a Lana, não fosse ela a minha cantora favorita... uma próxima há de vir, espero :)

beijinhos*

5joanaa said...

Foi tão épico!!!!!!! amei a lana e a amei a M.I.A felizmente so fui a esse dia.. e cm a melhor companhia obvio; sem ti n teria aguentado as horas de espera e os Supernada

Jumpo London said...

amazing video !!!!!!
Ladies Fashion Coats