Thursday, February 23, 2012

Filthy Portraits of a Rock Goddess


Tem 18 anos... e ninguém lhos dava, in a good way of course! O ar imortal da Taylor Momsen está plasmado na edição de Março da Zink Magazine. Um editorial dos melhores que já vi ultimamente. A minha opinião pode até ser tendenciosa, porque sou obsessivamente apaixonado por ela, mas acho que estas fotografias e "colagens" da autoria de GL Wood me conquistariam mesmo que fosse com outro rosto.
O estilo da Taylor encaixa-se perfeitamente no grunge dos anos 90. Ainda que a comparem às meninas rebeldes do rock, Momsen demarcou o seu próprio território na indústria e deve-o principalmente à vincada personalidade e suado trabalho. Embora não pertença a um lobby mainstream as músicas da banda a que pertence, The Pretty Reckless, têm tido um massive appeal... quer seja pela sublime produção instrumental ou pela insolência lírica. A confirmar esse crossover está o mais recente desfile de lingerie da Victoria's Secret que usou a hardcore "Make Me Wanna Die" como banda sonora de um segmento.

Nesta produção o styling ficou a cargo de Lisa Jarvis e Taylor cobre-se com peças de autoria Dolce & Gabbana, La Perla e Alexa Wood.

O cabedal, as ligas, as rendas, os olhos azuis realçados por uma névoa de maquilhagem negra... são alguns dos distintivos elementos que criam esta imagem agressivamente etérea e virginalmente sensual. Quase como uma provocação... sugerida pelas longas pernas e pela aura rockeira da não-tão-menina Taylor Momsen. Longe vão os tempos da Little J de Gossip Girl (who?) e depois do álbum de estreia "Light Me Up", já está em incubação um novo trabalho descrito como uma "revigorante junção entre o avant-punk e o pop experimental". Na imortalidade da arte que substancia fica a malevolência moderna de The Pretty Reckless e o despreocupado talento de uma misteriosa e obscura divindade. Nome a decorar: Taylor Momsen.

"Life is Momsen’s art. Her everyday occurrences and actions are her sonnets. Setting herself to music, the singer makes her sound personal, familiar and sensual – a unique quality for a rock star. She exudes an aura of mystery and intrigue that flows directly into her work."

14 comments:

Isaura Quevedo said...

omg taa lindaaaaa!adoro o editorial!!

Ana Lúcia said...

Ela é magnífica. Adoro a sua rebeldia com um mix de 'little angel' :) !!
Adoro, adoro e adoro. Fiquei de olho dela desde a sua participação no Gossip Girl .
Uma 'it girl' para mim, sem sombra de dúvidas.

http://maniac4moda.blogspot.com/

Anonymous said...

Goddess leva dois "d". Just saying. Mas fotos giras.

Miabelle said...

Adoro a! Uma das goticas mais sexy de sempre... A rebeldia sobressai bastante!
Thanks for sharing
The Land of Miabelle

S. said...

Gostei!
Ela ainda vai brilhar muito!
S.
A COZY BOX

R. said...

Sou completamente viciada no albúm dela, tem um estilo muito único e eu nem sou fã habitual do estilo de música dela mas ela realmente dá um toque especial! O editorial está um máximo, muito ao estilo da Taylor.

http://ohiwishblog.blogspot.com

Z. said...

thank you Anon. corrigido.

Coralie said...

I love this girl and her group !

If you like French fashion you should check out my blog, and maybe follow if you like it and wanna show support, and wanna be the first to know when I post ;)
Also I'm having a giveaway till midnight so hurry to enter !


xx






www.coralieslooks.com - FRENCH FASHION BLOG

Words of F. said...

uma cantora sensacional! ela não se importa com a moda recente, ela faz a sua própria moda!! é uma mulher muito completa, com uma boa personalidade e com um corpo fenomenal! é incrível!



sigooo!!!

PFR said...

Taylor Momsen é um nome que não pode mesmo ser esquecido! Do que puseste está lindíssima, e ainda estamos à espera que regresse a Portugal e dê o concerto que tanto esperamos! ANSIOSOS.
Ela está realmente maravilhosa aqui, já para não falar no significado que tem a música!
Gostei muito! Abraço!

Simplicity is Chic said...

Muito bom!
Sempre gostei bastante da Taylor Momsen como artista.


Kisses, Em**

sofia said...

Fabulosa!

Www.levedar.com

Jualferx said...

Espectacular.

John Bass said...

Sou completamente vidrado nela também!
Na altura, quando ela era a jenny em gossip girl e me disseram que ela cantava, eu fiquei naquela. Mas depois de ouvir ela a cantar live, dei a mão á palmatória.
Se o estilo dela na altura e agora era uma referencia para mim, a partir daí ficou também como uma referencia musical!
Fico contente por ver um rapaz que gosta da Taylor porque de quase todas as pessoas que conheço, quase todas a interpretam como "freak".
redeye02@blogspot.com