Tuesday, May 15, 2012

I'm dying for D&G's foulard print


As minhas obsessões mantêm-se numa espécie de arquivo mental composto por uns grandes gavetões de metal cinzento, género aqueles dos filmes onde costumam estar os cadastros na Polícia ou as fichas dos doentes nos hospitais (estão a visualizar? Óptimo!). Essa arrumação que se passa dentro da minha cabeça tem uma estrutura complexa... porque embora os meus desejos do passado pertençam a tempos idos, a vontade de possuir determinadas coisas continua latente. (Confusos? É que ainda há mais!) Novas obsessões vão surgindo e as outras vão ficando, numa linguagem mais corrente, em banho maria... mas nunca chegam a ganhar pó nem teias de aranha, porque não são esquecidas.
Abandonando a minha complexidade cerebral, o que vos queria vir aqui contar era mesmo a minha paixão intensa e absoluta pelos estampados género "lenços das avós", o chamado foulard print. São capazes de conhecer do que falo devido aos clássicos scarfs da Hermés ou pela própria imagery kitsch da Versace... e a partir d'agora também pela D&G.


A D&G na sua despedida apresentou uma das colecções mais icónicas e vibrantes de todos os tempos. Com uma personalidade tremenda e um cunho inesquecível, eterno. O foulard print terá sido o ponto de partida do Domenico e do Stefano para criar estas peças que para mim são um sonho. Queria ter tudo tudo TUDO no meu armário. Desde os casacos, calças, t-shirts, até boardshorts!!!! Quem me dera! É só o que vos tenho a dizer... e os detalhes são extremamente importantes nesta colecção. Nada fica ao acaso... a mistura de ganga com a seda multicromática dá um resultado genial.


Provavelmente vocês sabem que existem muitos preconceitos relativamente à Dolce&Gabbana. Apesar de ser uma marca com um prestígio que nunca mais acaba, o meio mais pseudo-intelectual/embirrante do mundo da moda acha que a marca terá um mainstream appeal e por isso gostam de torcer o nariz para fazerem aquele género "Han? Dolce&Gabbana? Pffff I'm so 3.1 Phillip Lim!". *rolling eyes*


Pois que eu sou daqueles que não quer saber minimamente disso... gosto e pronto não tenho cá que fazer uma construção socialmente absurda só para parecer mais... hummm... melhor bom?... aos olhos dos outros! Mas afinal eu estou aqui para falar do foulard print e onde é que já vou a discorrer. Portanto, resumindo e concluindo D&G slays all your favorite brands, é uma pena que tenha acabado a linha. Realmente sempre me questionei como é que a Dolce&Gabbana tinha capacidade produtiva para fazer 4 colecções de 6 em 6 meses. 1 de homem e 1 de mulher para a Dolce&Gabbana, mais 1 de homem e 1 de mulher para a D&G. Das duas, uma: ou andavam exaustos ou andavam exaustos! xD Mas o mais irónico é que de vez em quando lá se vai vendo o Domenico e o Dolce na praia, ou a apanharem sol no seu barco... Bom! O que importa é o trabalho que apresentam e esse é de perder a cabeça, pelo menos para mim. Deliciem-se com este compêndio de imagens e com o vídeo do backstage do desfile. #EverythingIsFlawlessButDamnExpensive #INeedThisInMyLife

P.S. À falta de orçamento para dispender nuns lindíssimos calções... estou à procura de um tecido destes ou de uns lenços que dê para eu mandar fazer uns calções... um tafetá de seda!!! #HELP Se me puderem ajudar... em lojas ou o que quer que seja... agradecia! :)

10 comments:

Anonymous said...

Bem és mesmo "complexo cerebralmente"...

Mário Teixeira said...

Tas onfire Zé! sempre a produzir conteúdos de qualidade :)

Tiago Andrade said...

No outro dia andava ás compras e na loja aonde estava a empregada disse " Muitos clientes queixam-se que com a D&G a marca fica muito vulgarizada, essa foi uma das razões que levou a marca a encerrar esta linha" eu pensei: Fogo, sabe-se perfeitamente que a D&G tem um estilo completamente oposto á linha normal Dolce&Gabanna, porquê tanto alarido á volta disso?
Resultado: Comprei uma camisa, um casaco e umas calças para me despedir convenientemente da linda. E gosto desse foulard print, ainda andei á procurar de uma outra camisa que vi no desfile mas sem sucesso...

Z. said...

Obrigado Mário! ;D

Z. said...

Eu por acaso nunca achei que a marca estivesse vulgarizada... nem pelas cópias pirosas que se vendem nas feiras e que os bufalos com braços gigantes usam no tamanho XS para esguichar os músculos e que por sua vez têm um estampado em letras gigantes à frente a dizer D&G e depois um cinto de fivela metálica por cima da t-shirt também a dizer D&G. #CLASSY
Mas infelizmente para mim e muitos outros a linha terminou... we have to deal with it! Infelizmente eu nem me posso despedir da linha nem com uma peça sequer :'(

Gonçalo Costa said...

Zé, quando encontrares tecidos parecidos com esses arranja uns centímetros para mim ahah


http://get-louder.blogspot.pt/

Emanuel I. said...

I love this print. In my oppinion is one of the most influential trend this season.
Hugs & congrats for your blog.

Diogo Torres said...

Bons prints.
Não gosto da mistura com a ganga.
Mas os casacos são muito giros.

Diogo Torres
http://fabulouslifeofdiogotorres.blogspot.com/

Filipa Leite said...

Não tenho uma opinião em relação a esse padrão em roupa masculina, gosto do padrão, mas só quando vir alguém a usar à minha frente é que terei uma opinião.

Mas para que conste as peças são todas lindissimas :)

thegoldenstripes.blogspot.pt

Ravenna Moreira said...

Estou obcecada por esse padrão! =)
EXCELENTE texto!





www.pulsacoesplanetarias.blogspot.com
www.pulsacoesplanetarias.blogspot.com